Retoma da Divisão de Elite não é consensual entre clubes de Paredes

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: Arquivo.

O regresso do Campeonato da Divisão de Elite continua a ser um assunto de enorme interrogação para os clubes. A Associação de Futebol do Porto (AFP) ainda não divulgou qualquer plano de retoma, mas nos bastidores têm sido avançadas várias hipóteses.

O recomeço da prova em abril e a sua conclusão após o final da 1.ª volta é uma das soluções que está contemplada em regulamento, mas há também a possibilidade de a prova regressar em abril e terminar em junho, com a realização de dois jogos por semana, há quarta-feira e domingo.

Contudo nenhuma delas reúne consenso entre os clubes do concelho. O campeonato foi suspenso a 10 de janeiro, com o Rebordosa Atlético Clube a liderar a série 2, com 33 pontos, o Aliados de Lordelo no 8.º lugar, com 22 pontos e a cinco de distância do lugar de acesso à fase de promoção, e o Aliança de Gandra na 16.ª posição, com 9 pontos.

“70 ou 80% dos clubes não quer retomar os campeonatos”

Depois de dois meses sem jogos que levaram à quebra de receitas dos clubes o presidente do Rebordosa Atlético Clube acredita que “70 ou 80% dos clubes da Divisão de Elite não quer retomar os campeonatos”. Joaquim Barbosa considera que este seria “o modelo mais correto” do ponto de vista desportivo, mas também na salvaguarda da saúde financeira dos clubes, que não teriam mais despesas esta época. (…)

A reportagem completa na edição online de 18 de março de 2021.

Share This: