PS venceu em Paredes. José Carlos Barbosa eleito deputado à Assembleia da República

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: Federação Distrital do PS Porto.

O Partido Socialista venceu este domingo as eleições legislativas antecipadas 2022, com 41,62% dos votos, alcançando assim a maioria absoluta, com 117 deputados eleitos. O PSD ficou com 27,80% e elegeu 71 deputados, sendo o Chega a terceira força política mais votada, com 7,15% e 11 deputados eleitos.

Nas eleições deste domingo, António Costa só perdeu mesmo na Madeira, onde o PSD obteve mais votos, mas elegeu o mesmo número de deputados que os sociais-democratas (3). De resto, os socialistas venceram nos restantes círculos eleitorais do país, incluindo no Distrito do Porto, onde obteve 42,53% dos votos contra 32,33% do PSD. O Iniciativa Liberal foi a terceira força política mais votada no distrito, conquistando 5,11% dos votos.

Na distribuição dos mandatos, o PS elegeu 19 deputados pelo círculo eleitoral do Porto, o PSD 14, o Iniciativa Liberal dois, o Bloco de Esquerda dois, o Chega dois e o PCP um deputado.

No concelho de Paredes, António Costa venceu com 44,19% (20.807 votos), ficando o PSD com 35,27 % (16.608 votos). O Chega foi a terceira força política mais votada no concelho paredense, garantindo 4,76 % (2.239 votos).

O PS venceu nas freguesias de Aguiar de Sousa, Sobreira, Recarei, Parada de Todeia, Cete, Gandra, Baltar, Vandoma, Rebordosa, Louredo, Beire e Paredes. Já o PSD foi o partido mais votado em Astromil, Duas Igrejas, Lordelo, Vilela, Sobrosa e Cristelo.

Olhando para os restantes concelhos da região, Lousada, Paços de Ferreira, Penafiel e Felgueiras também deram a vitória ao Partido Socialista. O mesmo aconteceu em Valongo, onde o PS venceu com 45,02% dos votos.

Face às eleições de 2019, o PS conquistou mais 76.373 votos no distrito do Porto, elegendo assim 19 deputados, mais dois que nas últimas legislativas. O paredense José Carlos Barbosa foi eleito deputado à Assembleia da República. O presidente do PS-Paredes e atual presidente da junta de Beire ocupava o 19.º lugar da lista do partido pelo círculo do Porto.

Numa mensagem partilhada nas redes sociais, o paredense mostrou-se satisfeito com a eleição. “Se já estava feliz, agora, para além de feliz, estou muito grato. Fui eleito deputado à Assembleia da República. Muito obrigado! Não desiludirei a nossa região”, prometeu.

Pela região foi ainda eleita Cristina Mendes da Silva, natural de Lousada, número nove pelo circulo do Porto, que já tinha sido deputada da Assembleia da República na anterior legislatura.