Projeto cultural “Mappa 21” despede-se com peça de teatro “O que ficou”

Publicado em Publicado por: O Paredense
Quinta do Sobrado de Cima, Louredo.

O projeto cultural “Mappa 21” despede-se de Paredes com a peça de teatro “O que ficou”, que estará em cena nos dias 25 de setembro e 8 de outubro, às 21h30. O espetáculo é da companhia Astro Fingido e vai passar pela Quinta do Sobrado de Cima, em Louredo, e a Casa da Torre, em Sobrosa.

“O que ficou” é uma peça tributária da escrita de Pedro Fiúza, cujo mote temático versa a ideia de que “durante a nossa vida vamos deixando coisas para trás”, mas que nada fica “absolutamente eliminado do nosso caminho”, algumas coisas ficam resolvidas e outras transformam-se em “fantasmas de pessoas, lugares e caminhos”.

Durante o espetáculo, são interpretados 4 monólogos, que representam o filho, a mãe, o pai e a rapariga e há uma altura em que o protagonista passa a ser o próprio espetador, “que faz o seu próprio mapa mental dos acontecimentos”.

A produção pertence à companhia Astro Fingido e a direção artística está a cargo de Ângela Marques e Fernando Moreira, que também é o responsável pela encenação.

Integram o elenco Ângela Marques, Emílio Gomes, Odin Estevam e Sónia Varandas. A música tem a assinatura de Ricardo Fráguas e o coro de canções à capela reúne as vozes de Alice Vieira, Cátia Soares e Mariana Costa.

O Teatro Art’Imagem está incumbido da direção técnica do espetáculo.