Prisão preventiva para suspeito de matar homem em bar em Gandra

Publicado em Publicado por: O Paredense

Ficou em prisão preventiva o jovem de 17 anos que atingiu a tiro dois homens no interior do Praxe Bar em Gandra, Paredes, na madrugada do passado domingo.

O suspeito foi ontem presente ao juiz de instrução criminal do Tribunal de Penafiel, que decidiu que ficará a aguardar julgamento em prisão preventiva.

O jovem entregou-se nas instalações da Polícia Judiciária do Porto na terça-feira, depois de saber da morte de Diogo Pereira, o homem de 26 anos que foi atingido com um tiro na cabeça, acabando por falecer na segunda-feira à noite, no Hospital de São João, no Porto.

A outra vítima de 25 anos continua internada nos cuidados intensivos.

Recorde-se que o crime aconteceu na madrugada de domingo, cerca das 6:30h da manhã. Diogo Pereira, residente no Bairro do Falcão, no Porto, foi encontrado caído na casa de banho do bar, com um ferimento na cabeça. “Tinha 26 anos, era casado, tinha um filho de tenra idade e era empresário na área da construção civil”, adianta a PJ.

A outra vítima, de 25 anos, residente em Rio Tinto, Gondomar, foi encontrada caída no exterior do edifício com um ferimento de bala na zona abdominal.

Os dois jovens foram assistidos no local pelos bombeiros de Baltar e as equipas da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Vale do Sousa e de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Valongo.