Presidente da Câmara de Paredes adia toma da vacina contra a Covid-19

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: Arquivo.

A autarquia de Paredes assumiu esta terça-feira, 26 janeiro, que o presidente da câmara, Alexandre Almeida, decidiu adiar a toma da vacina contra a Covid-19, considerando que deve ser dada prioridade às pessoas de risco e mais idosos.

Em comunicado, a autarquia diz que o autarca “compreende e respeita as razões pelas quais é dada prioridade na toma da vacina aos responsáveis políticos, nomeadamente, pelos elevados riscos que correm no exercício de funções, mas no seu caso entende que deve esperar pela sua vez como cidadão”.

A imunização das figuras mais importantes do Estado foi confirmada ontem pela ministra da Saúde, Marta Temido. Além dos titulares dos órgãos de soberania, também os deputados, funcionários da Assembleia da República, membros dos órgãos das Regiões Autónomas e presidentes de câmara, foram incluídos neste grupo que será vacinado a partir do dia 1 de fevereiro.

De acordo com um despacho assinado pelo Primeiro-ministro, António Costa, e divulgado ontem pelo Diário de Notícias, também a Provedora de Justiça, os membros do Conselho de Estado e a magistratura do Ministério Público serão vacinados.

Share This: