Paredes mantém risco “muito elevado” de contágio, mas casos continuam a baixar. Região segue a mesma tendência

Publicado em Publicado por: O Paredense

A incidência de casos de Covid-19 continua a baixar no concelho de Paredes e na região do Vale do Sousa. Os últimos dados divulgados pela DGS esta segunda-feira, 28 dezembro, mantêm Paredes no patamar dos concelhos com risco “muito elevado” de contágio (que têm entre 480 e 959 casos por 100 mil habitantes), mas mostram que os números continuam a baixar.

Na semana passada a taxa de incidência no concelho era de 675 casos por 100 mil habitantes. Esta segunda-feira baixou para 594.

No patamar de risco “muito elevado” mantém-se também os concelhos de Penafiel e Felgueiras, que também registaram descidas no número de casos. Penafiel passou de 576 casos por 100 mil habitantes a 14 dias para 507 e Felgueiras de 824 para 530.

Já Lousada e Paços de Ferreira passaram de risco “muito elevado” para “elevado”, passando a registar menos de 480 casos por 100 mil habitantes. Lousada tem agora 419 casos, quando há uma semana tinha mais de 630. Paços de Ferreira tem 395, mas a 21 de dezembro tinha 508.

No patamar de risco “elevado” permanece ainda o concelho de Castelo de Paiva, que regista uma taxa de incidência de 343 casos por 100 mil habitantes.