Obras para realojar comunidade cigana devem arrancar em setembro

Publicado em Publicado por: O Paredense

A construção das habitações para realojar a comunidade cigana, que vive em barracas sem condições no centro da cidade de Paredes há mais de 20 anos deve arrancar no início de setembro.

A garantia foi deixada pelo presidente da câmara de Paredes, na reunião do executivo. Alexandre Almeida garantiu que o executivo decidiu atrasar o início da construção para conseguir condições mais vantajosas no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). A câmara já viu aprovada uma candidatura ao PRR que permitirá o financiamento do projeto a 100%.

Questionado no período de intervenção do público por Manuel Pinho, candidato nas últimas autárquicas pelo Movimento Nos Cidadãos, Alexandre Almeida garantiu que o concurso deverá avançar ainda este mês e que a autarquia espera que a obra vá para o terreno no início de setembro.

“Fizemos uma consulta ao mercado para saber se os preços que tínhamos da altura ainda estão ajustados para depois submetermos a concurso. Submetendo o concurso público ainda este mês, depois terão de ser submetidas as propostas e o processo segue depois para o Tribunal de Contas. O que está previsto no PRR é que a obra comece no início de setembro”, explicou.

A notícia completa na edição de 16 de junho de 2022.