Nível de risco nos concelhos do Vale do Sousa volta a subir para “muito elevado”

Publicado em Publicado por: O Paredense

A incidência de novos casos de infeção por 100 mil habitantes em 14 dias aumentou em todos os concelhos da região, fazendo subir o nível de risco de contágio.

Castelo de Paiva, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel voltaram ao patamar de risco “muito elevado” de contágio, o segundo mais grave na escala criada pelo Governo, onde se incluem os municípios que registam entre 480 e 960 casos por 100 mil habitantes. Já Felgueiras subiu para o nível “extremamente elevado” de contágio, com 978 casos por 100 mil habitantes.

O relatório divulgado esta segunda-feira, 18 janeiro, pela Direção-Geral de Saúde (DGS), mostra que Paredes aumentou a incidência de 467 para 741 casos por, sendo agora o segundo concelho da região com mais casos por 100 mil habitantes.

Segue-se Penafiel, que passou a registar 717 casos, quando na semana passada tinha 436. Lousada é agora o terceiro concelho com maior incidência na região, tendo passado de 445 para 612 casos por 100 mil habitantes.

Castelo de Paiva aumentou a incidência de 375 para 602 e Paços de Ferreira de 391 para 515.

Esta segunda-feira foram registados mais 6702 novos casos de infeção em Portugal e mais 167 mortes por Covid-19.