Hoquistas de Paredes querem trazer o título europeu para casa: “Queremos deixar as pessoas orgulhosas”

Publicado em Publicado por: O Paredense
Rafael Nogueira e Guilherme Moreira. Créditos. FPP.

O Campeonato da Europa de Sub17 e Sub19 joga-se até sábado, dia 11, no Multiusos de Paredes. A representar a seleção nacional portuguesa de Sub17 estão dois atletas naturais de Sobreira, Paredes.

Rafael Nogueira, 15 anos, e Guilherme Moreira, 16, vestem pela primeira vez a camisola da seleção nacional, e não escondem a esperança de trazer o título para Portugal. “Todos querem vir a um Europeu ganhar. A nossa esperança é chegar ao pódio e ganhar”, frisa Rafael Nogueira, guarda-redes da seleção nacional.

“Trabalhamos imenso para atingir o nosso objetivo, que é levantar o caneco e deixar o caneco em casa”, sublinha o número 8 da equipa das quinas, Guilherme Moreira.

Os dois atletas reconhecem que a meta “é difícil”, mas “com a união do grupo e o apoio dos adeptos” em Paredes será sempre mais fácil sonhar com o trofeu.

“É um objetivo muito difícil, mas perante todo o trabalho que tivemos durante estas semanas é possível de alcançar. Se nos mantivermos unidos como uma família acho que podemos conseguir levantar o trofeu”.

Ter a oportunidade de lutar pelo título em Paredes, concelho de onde são naturais, é também um aspeto simbólico para os dois atletas, que querem deixar os paredenses orgulhosos.

“Jogamos em casa e queremos deixar as pessoas orgulhosas do nosso trabalho”, confessa Guilherme Moreira. Já Rafael diz que ambos estão “a representar Paredes” e “querem deixar uma marca”.

A reportagem completa na edição de 9 de setembro de 2021. Aceda à edição digital aqui.