Festival de Artes em Madeira de Paredes com iniciativas gratuitas para vários públicos

Publicado em Publicado por: O Paredense

Já é conhecida a programação da I Bienal – Festival de Artes em Madeira de Paredes (FAMP), evento que irá decorrer de 24 de setembro e 9 de outubro para “celebrar e perpetuar as memórias, as artes e o saber-fazer dos mestres que trabalham a madeira em Paredes”.

O festival integra “uma bienal e um conjunto de eventos, de formato aberto a milhares de pessoas, ou a performances mais intimistas”.

Segundo a câmara de Paredes, o programa integra cerca detrinta iniciativas de acesso gratuito para toda a família, desde espetáculos de música, teatro, dança, poesia, artes plásticas, oficinas, exposições e roteiros experimentais pela futura rota do turismo industrial.

A programação principal estará concentrada na cidade de Paredes, no Parque José Guilherme e na Casa da Cultura, havendo outras iniciativas previstas para outros locais do concelho.

“O Festival de Artes em Madeira de Paredes convida a entrar naquele que é o mundo de conhecimento e experiência dos marceneiros, entalhadores, carpinteiros, escultores, artesãos e mestres das artes de trabalhar a madeira”, frisa a câmara de Paredes.

Assim, entre 24 de setembro e 9 de outubro o público vai poder honrar o trabalho dos mestres de Paredes, que marcam a identidade do concelho que é o principal produtor e exportador de mobiliário português.

Do programa fazem parte “Parcerias Criativas, Oficinas de Talha e de Escultura, Exposições de Pintura de Agostinho Santos, exposições de fotografia e de escultura resultados dos concursos FAMP 2022 e “A praça é nossa” instalação artística do designer austríaco Patrick Hubmann.

Nesta primeira edição, estarão ainda disponíveis quatro Roteiros embrionários pelo turismo industrial, limitados a 40 participantes que devem fazer inscrição prévia.

Da programação cultural sobressai também a peça VOID [Vazio], teatro de rua e novo circo, com direção artística de Paulina Almeida e o seminário “A Madeira do Som, O Som da Madeira”.

Os dois concertos finais estão reservados às bandas “Galandum Galundaina” e “Bando das Gaitas”.

O Município de Paredes, em parceria com a Astro Fingido – Associação Cultural, promove o concurso de fotografia e de escultura sobre a temática da sustentabilidade, apresentando os resultados da competição em exposição FAMP 2022.

O concurso pretende “promover a escultura em madeira e incentivar à reflexão sobre o tema do Festival em 2022 – a Sustentabilidade”, acrescenta a autarquia.

Os três vencedores da área da fotografia recebem prémios no valor de 150 a 50 euros. Na escultura o projeto vencedor será premiado com 500 euros.

Promovido pela Câmara Municipal de Paredes, o festival “Artes em Madeira” representa um investimento de cerca de 249.613,51€, financiado pelo NORTE 2020 e FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Toda a programação do festival tem acesso gratuito e oferece um conjunto de iniciativas dirigidas a diferentes públicos.

Consulte o programa completo no site: festivaldeartesemmadeiradeparedes.pt