Desemprego cresceu 25% em Paredes durante a pandemia

Publicado em Publicado por: O Paredense

O concelho de Paredes contabilizou em fevereiro 3773 desempregados inscritos nos centros de emprego, mais 726 pessoas quando comparado com fevereiro de 2020, mês anterior à pandemia da Covid-19. São mais de 25%, segundo as estatísticas mais recentes do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Os dados publicados na semana passada correspondem a fevereiro de 2021, mês em que o número de desempregados inscritos nos centros de emprego do país voltou a subir, atingindo um novo máximo desde maio de 2017.

No fim do mês de fevereiro de 2021, estavam registados, nos centros de emprego 431 843 pessoas desempregadas, o que representa um aumento de 116 281 (+36,8%) face a fevereiro de 2020 e de 7 484 (+1,8%) quando comparado com o primeiro mês deste ano.

Em Paredes, o desemprego afeta mais as mulheres (2331) do que os homens (1442), estando a maioria dos candidatos inscrita há menos de um ano (2098). Apenas 287 pessoas procuram o primeiro emprego.

A notícia completa na edição em papel de 8 de abril de 2021 ou na edição online.