Confinamento geral pode durar mais de um mês

Publicado em Publicado por: O Paredense

O país está em confinamento geral desde 15 de janeiro, à semelhança do que já se tinha verificado em março e abril de 2020. As medidas de restrição serão analisadas em 15 dias, mas o Presidente da República já tinha assumido que poderão manter-se até março. “A regra é ficar em casa” para “esmagar a curva” e “proteger o Serviço Nacional de Saúde”.

Comércio, restauração e serviços fechados

O comércio não essencial, como restaurantes, bares e cafés, foram obrigados a encerrar ao público, podendo apenas funcionar em regime e take-away e entrega ao domicílio.

O mesmo acontece com os centros comerciais, cabeleireiros e barbearias, mas também esplanadas, termas e spas.

Atividades culturais e artísticas

Os estabelecimentos culturais, incluindo museus, monumentos, palácios, centros interpretativos, bibliotecas, arquivos municipais, vão continuar fechados.

Os pavilhões de congressos, salas de conferências e pavilhões multiusos também não podem funcionar, salvo em contexto de atividade política direcionada para as eleições presidenciais.

A notícia completa na edição digital de 21 de janeiro de 2021.