Centro de vacinação abriu em Paredes com capacidade para vacinar cerca de 750 pessoas por dia

Publicado em Publicado por: O Paredense

Abriu esta terça-feira, 9 de março, o novo centro de vacinação de Paredes. Situado no Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo, o equipamento terá capacidade para vacinar cerca de 750 pessoas por dia adiantou o diretor do ACES Tâmega II – Vale do Sousa Sul, Fernando Malheiro.

Na visita ao local realizada esta manhã, com os vereadores da câmara de Paredes, Paulo Silva e Elias Barros, o diretor clínico do ACES, Almiro Mateus, e a Delegada de Saúde, Fátima Marques, Fernando Malheiro sublinhou que o objetivo destes centros é antecipar a possibilidade do aumento significativo do número de vacinas diárias.

“Tem capacidade para ter cinco postos de vacinação. Cada posto prevê administrar entre 120 a 150 vacinas por dia o que dá cerca de 750 vacinas diárias. A este ritmo e caso haja vacinas suficientes, em setembro teríamos 90% da população dos concelhos de Paredes, Penafiel e Castelo de Paiva vacinados”, garantiu o responsável.

Até ao momento já foram vacinadas cerca de 5 mil pessoas no conjunto dos três concelhos que integram o ACES Tâmega II – Vale do Sousa Sul (entre profissionais de saúde e utentes de lares, bombeiros e elementos das forças de segurança), número que Fernando Malheiro disse estar em linha com a média nacional.

Fernando Malheiro, diretor do ACES Tâmega II – Vale do Sousa Sul

Nesta fase estão a ser vacinadas pessoas com mais de 80 anos e entre os 50 e 65 anos com comorbilidades associadas.

No processo de vacinação estão envolvidos todos os profissionais de saúde do ACES, frisou o presidente do Conselho Clínico Almiro Mateus, sublinhando que a abertura destes centros “é mais um passo importantíssimo na luta contra a pandemia”.

O Centro de vacinação de Paredes conta com quatro postos de vacinação, zona de recobro, zona de acolhimento e espera, gabinete médico e estacionamento. A autarquia está a assegurar o transporte aos munícipes que necessitem.

O vereador da saúde, Paulo Silva, garantiu que o espaço disponibilizado pela autarquia tem capacidade para responder às necessidades, mas reúne condições para ser ampliado se as autoridades de saúde solicitarem.

“Há três semanas que as pessoas de Paredes estão a ser vacinadas. Neste momento já dois mil habitantes do concelho nesta faixa etária dos 80 anos e entre os 50 e os 65 com doenças associadas foram vacinados, fora os elementos da Proteção Civil. Este é mais um passo que traz uma esperança maior para aumentar o número de pessoas diariamente vacinadas, com o objetivo de chegarmos o mais rapidamente possível aos 70% da população vacinada”, acrescentou.

Apesar de o número de novos casos estar a descer na região há várias semanas, a Delegada de Saúde, Fátima Marques, defendeu que é necessário continuarmos a usar máscara e a respeitar as regras de etiqueta respiratória e o distanciamento físico e social.

“O desconfinamento tem de ser gradual, mas temos de continuar a usar máscara, a lavar as mãos e a manter o distanciamento social. Isso é fundamental e deveria fazer sempre parte da nossa vida”.

Segundo a responsável, existem neste momento dois surtos ativos na região, um numa fábrica em Rebordosa, que já tem seis casos, e outro em Castelo de Paiva, mas não foram registados óbitos nos últimos três dias.