CDS acusa câmara de Paredes de “falta de rigor” no processo de resgate das águas

Publicado em Publicado por: O Paredense
deputada CDS, Ana Raquel Coelho
deputada CDS, Ana Raquel Coelho

O CDS-PP de Paredes acusou a câmara de Paredes de “falta de rigor” e “transparência” na condução do processo de resgate da concessão da água e saneamento no concelho.

Em comunicado, a vice-presidente da concelhia de Paredes do CDS, Ana Raquel Coelho, acusa o executivo de não ter disponibilizado as atas das reuniões entre a autarquia e a concessionária Be Water.

“Se o Sr. Presidente nada teme, como alega, por favor torne público o ponto de situação deste processo e revele as atas das reuniões com a concessionária, e não nos venha dizer, como já disse, que são negociações que têm que ser escondidas sigilosas, porque é falso, os paredenses têm e merecem saber tudo o que se está a passar, não esconda mais, quer para o bem quer para o mal”, frisa Ana Raquel Coelho.

A notícia completa na edição de 2 de junho de 2022.