Bombeiros e Cruz Vermelha receberam primeira tranche do subsídio anual

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: CM Paredes.

As cinco corporações de Bombeiros do concelho de Paredes e as duas delegações da Cruz Vermelha Portuguesa já receberam a primeira tranche do subsídio anual atribuído pela câmara de Paredes. A cerimónia decorreu na segunda-feira, 31 de maio, no salão nobre da autarquia, com a presença dos representantes das associações.

A segunda tranche do subsídio será paga em outubro.

Segundo a autarquia, o total dos apoios em 2021 é de 209 mil euros. A deliberação aprovada em reunião do executivo prevê a atribuição de um subsídio de 40 mil euros a cada uma das cinco corporações de bombeiros, nomeadamente a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Baltar, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cete, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lordelo, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes e Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Rebordosa.

Já as delegações de Sobreira e Vilela da Cruz Vermelha Portuguesa recebem um subsídio de 4.500 euros.

A autarquia reconhece o “papel fundamental e preponderante” que estas instituições têm desempenhado na proteção, socorro e apoio aos munícipes de Paredes e “os serviços que prestam à comunidade e à causa pública”, nomeadamente na “defesa da floresta contra incêndios, em situações de emergência e socorro, bem como na segurança dos cidadãos”.