Bebés nascidos no concelho vão receber cheque prenda de 50 euros

Publicado em Publicado por: O Paredense

A câmara de Paredes vai atribuir um cheque prenda aos bebés que nascerem no concelho já a partir do próximo ano. A medida foi aprovada esta quinta-feira, por unanimidade, em reunião do executivo.

O cheque, no valor de 50 euros, será para descontar em compras no comércio local, servindo como um “incentivo à natalidade no concelho”.

“Entendemos que devemos, de forma simbólica, dar um sinal à população de Paredes para incentivar a natalidade no concelho. Não é por esta razão que as pessoas vão tomar a decisão de ter um filho, mas é uma forma de dar um carinho, uma prenda de 50 euros para comprar qualquer coisa para o recém-nascido”, sustentou o presidente da câmara, Alexandre Almeida, na reunião do executivo.

O PSD votou a favor da proposta, mas defendeu que a mesma devia ser mais ambiciosa. “O PSD há muito que tem esta sugestão. Não eram 50 euros, eram 500€ aquando do nascimento e mais 500€ à entrada para o 1.º ciclo, se a criança se mantivesse a viver em Paredes. fazia todo o sentido que a proposta fosse mais longe e que o apoio à natalidade fosse superior e que o valor a atribuir fosse gasto em Paredes”, defendeu o vereador Ricardo Sousa.

Em resposta, Alexandre Almeida garantiu que nascem cerca de 800 bebés no concelho e que se o município atribuísse o valor proposto pelo PSD seriam necessários 800 mil euros para suportar este apoio.

“Que fique registo que dar 800 mil euros aos pais seria uma ajuda avultada num orçamento de 50 milhões”, atirou o PSD.