“Apostamos em desenvolver uma série de projetos para dar sustentabilidade e autonomia à associação”

Publicado em Publicado por: O Paredense

A Associação de Empresas de Paredes (ASEP) elegeu recentemente uma nova direção, que deverá tomar posse no dia 28 de janeiro. A poucos dias de terminar o mandato, o atual presidente, Luís Barbosa, fez um balanço positivo dos últimos três anos à frente dos destinos da associação.

Embora a pandemia tenha condicionado toda a atividade, Luís Barbosa diz que a associação não esteve parada e apostou na reorganização interna e no desenvolvimento de vários projetos de apoio às empresas.

Neste momento, a ASEP tem um conjunto de projetos aprovados com verbas na ordem dos 600 mil euros para apoiar diretamente as empresas do concelho.

Quanto aos desafios que a nova direção irá enfrentar, Luís Barbosa diz que passam pelo reforço da representatividade da associação no contexto local e na captação de novos associados.

Pandemia não permitiu aproximação aos comerciantes

Luís Barbosa assumiu a presidência da ASEP em outubro de 2020 após o falecimento do então presidente da direção, Alberto Pereira Leite. Mesmo abalados com a perda “do grande mentor” e de “uma grande figura do associativismo”, os elementos da direção quiseram continuar o mandato, como forma de homenagear o “seu líder”.

Olhando em retrospetiva para os últimos três anos, Luís Barbosa reconhece que foram “intensos e desafiantes”, mas “bons” porque permitiram criar as bases para o futuro.

A entrevista completa na edição de 27 de janeiro de 2022.