Aliados de Lordelo apresentou livro “Todos somos Aliados – a génese do futebol em Lordelo”

Publicado em Publicado por: O Paredense

“Todos somos Aliados – A génese do futebol em Lordelo, 1930-2022” é o nome da obra apresentada no último fim de semana, pelo Aliados de Lordelo.

A obra e investigação do autor José Santos “escalpeliza a realidade social na década de 1920 e identifica as influências que fizeram erguer o associativismo na região”, avança o clube em comunicado.

O trabalho científico concluiu que o Aliados FC Lordelo nasceu a 13 de outubro de 1930, com a designação Industrial Sport Club de Lordelo, adotando a denominação atual em 1944.

Segundo o autor, a obra permite “fazer uma viagem ao passado e perceber a realidade social dos nossos avós e bisavós”, comparando e identificando as “assimetrias sociológicas, que naquela época sobressaiam pelas dificuldades económicas das famílias, pela acentuada taxa de analfabetismo e pelos problemas relacionados com a saúde pública”.

Citado no comunicado, José Santos defende que a introdução do associativismo “atenuou as marcas da negatividade social e fez despertar o amor pela terra através das emoções do futebol”.

A apresentação do livro decorreu no auditório Vergílio Pereira, e contou com as presenças de Filipe Carneiro, presidente do Aliados de Lordelo, e de Nuno Serra, presidente da junta de Lordelo.