Vitória derruba líder

Publicado em Publicado por: O Paredense

Foto: arquivo

Texto escrito por Cristina Borges.

Na 4ª jornada da Divisão de Elite, o Aliança de Gandra deslocou-se a Santo Tirso para defrontar a equipa local. O Tirsense era até então a equipa imbatível deste campeonato, com três vitórias em três jogos. Ainda assim, o conjunto de Mário Rocha ainda não tinha conhecido o sabor da derrota, já que somava duas vitórias e um empate. Previa-se um jogo de grande intensidade entre duas equipas em boa forma, que não defraudou expectativas.

Os gandarenses entraram fortes na partida e não se deixaram intimidar pela bancada bem composta de adeptos tirsenses. A turma visitante impôs um ritmo acelerado e aguerrido que “deu frutos” aos vintes minutos com o golo de Cardoso. André Rocha assistiu o avançado, que ainda falhou à primeira, mas não perdoou à segunda e colocou o Aliança de Gandra em vantagem.

O golo deu ainda mais ânimo à equipa gandarense, que tentou ir em busca do segundo ainda antes do intervalo. Apesar das tentativas, a vantagem pela diferença mínima manteve-se até ao período de descanso.

No segundo tempo, o conjunto da cidade de Gandra voltou a mostrar eficácia e, aos 55 minutos, Cardosa voltou a bisar. Após uma jogada em construção, o avançado gandarense finalizou da melhor forma com um remate de fora de área.

Os pupilos de Mário Rocha mostravam ter “estudado bem a lição” e mantiveram-se aplicados no rigor defensivo até ao apito final. O Aliança de Gandra impôs assim a primeira derrota do campeonato ao Tirsense e divide atualmente a liderança com Sousense e Marco 09 contabilizando os mesmos dez pontos. Já, o Tirsense “caiu pela primeira vez na temporada” e ocupa o quarto lugar com menos um ponto.


No final do jogo, Mário Rocha não poupava nos elogios aos seus jogadores: “Já prevíamos um jogo com um grau de dificuldade elevado, mas preparámos muito bem esta partida durante a semana. A minha equipa foi muito competente, conseguimos anular os pontos fortes do adversário e estivemos muitíssimo bem no jogo ofensivo e na organização defensiva. Fomos a melhor equipa em campo, a que teve melhores situações de golo e a que apresentou um melhor futebol. Fizemos um jogo de excelente qualidade e a vitória é justíssima”.

O técnico gandarense explicou também um dos fatores de motivação e deixou uma palavra aos adeptos do Aliança de Gandra e à equipa de arbitragem: “O facto de o Tirsense ter muita gente a apoiar deu-nos ainda mais força. Mas quero deixar uma palavra aos nossos adeptos que não se deixaram intimidar pelo menor número e foram incansáveis no apoio à nossa equipa. É preciso dizer que a equipa de arbitragem fez um excelente trabalho”.

Apesar do bom começo de época, Mário Rocha recusa “entrar em euforias”: “Trabalhar sob vitórias é sempre melhor, mas temos de ter os pés bem assentes no chão. Temos um plantel muito jovem e temos de trabalhar com isso para que ninguém entre em euforias porque o campeonato ainda agora começou. Pode haver um deslumbrante com esta vitória e não queremos que isso aconteça. Estamos motivados e orgulhosos, mas temos de continuar a trabalhar”.

Share This: