União regressa ao hóquei e já sonha com a subida de divisão

Publicado em Publicado por: O Paredense
Plantel: Nené Magalhães (ex-AD Penafiel); Gonçalo Ouro (Académico do Porto), João Vaz e Filipe Vaz (FC Porto B), Alex (AD Penafiel), Gil Cardoso (Escola Livre), Domingos (Gulpilhares) Tiago Garcia (ex-Leça), João Sousa (ex-Fanzeres), Zé Paulo (Desp. Ordem) e David (ex-Leça).

Plantel: Nené Magalhães (ex-AD Penafiel); Gonçalo Ouro (Académico do Porto), João Vaz e Filipe Vaz (FC Porto B), Alex (AD Penafiel), Gil Cardoso (Escola Livre), Domingos (Gulpilhares) Tiago Garcia (ex-Leça), João Sousa (ex-Fanzeres), Zé Paulo (Desp. Ordem) e David (ex-Leça).

O União Sport Clube de Paredes vive por estes dias grandes emoções e desafios quer no futebol, com a subida ao Campeonato de Portugal, quer no hóquei em patins, com o arranque da época que marca o regresso do emblema a uma modalidade muito acarinhada pela população de Paredes.

Equipa técnica, fisioterapeutas e dirigentes

Equipa técnica, fisioterapeutas e dirigentes

Desde que o regresso foi anunciado, no 93.º aniversário do clube, em dezembro do ano passado, os responsáveis da secção têm recebido inúmeras mensagens de carinho e entusiasmo. Carlos Seabra, responsável pelo departamento garante que os objetivos esta época passam por “fazer renascer o hóquei em patins na cidade de Paredes e dar aos mais jovens a possibilidade de praticar esta modalidade”.

O plantel da equipa sénior já está fechado e Carlos Seabra não tem dúvidas da qualidade deste grupo, que vai disputar o Campeonato Nacional da 3.ª Divisão. “Estamos muito confiantes. É um grupo com qualidade, juventude e alguma veterania, e vai certamente causar algum impacto”. Num campeonato que se adivinha muito difícil e competitivo, o dirigente não tem receio de assumir desde já que o objetivo do Paredes é lutar pela subida de divisão. “Este campeonato é muito competitivo, com equipas bastante difíceis, mas não temos que ter medo de assumir que vamos lutar por esse objetivo”.

A primeira jornada do campeonato está agendada para o próximo dia 29 de setembro, com o Paredes a deslocar-se ao Desportivo da Ordem. O jogo de apresentação será frente ao campeão nacional, o Sporting CP, no próximo dia 17 de setembro.

A experiência do treinador

Treinador da equipa sénior Diogo Pereira

Treinador da equipa sénior Diogo Pereira

Além da confiança nos jogadores, Carlos Seabra acredita que a experiência do atual treinador será uma mais-valia para o grupo vencer os desafios ao longo da época. Diogo Pereira iniciou o seu percurso como jogador na Casa do Povo da Sobreira e já conta com uma carreira bastante interessante como treinador, tendo passado pelo CP Sobreira, AD Valongo, Riba d’Ave e Juventude Pacense.

Diogo Pereira reconhece as dificuldades neste arranque de época para retomar processos, rotinas de jogo e constituir um grupo de trabalho forte, mas garante que o Paredes terá todas as armas necessárias para bater os adversários. “Tentamos ajustar os jogadores com uma média de idades baixa, com vontade de ajudar o clube e motivação para conseguir a melhor classificação possível. Naturalmente que a subida de divisão seria um passo enorme para estes jogadores conseguirem alcançar outros voos na modalidade, chegar à 2.ª Divisão e depois à Elite do hóquei nacional. E é com essa margem de progressão que queremos trabalhar”.

 

Leia a reportagem completa na edição em papel de 6 de setembro de 2018 ou subscreva a edição online.

Share This: