Tintas Vale do Sousa: A imagem de uma empresa em crescimento

Publicado em Publicado por: O Paredense
Empresa fundada em 1992 tem duas lojas em Paredes e em Lousada

Empresa fundada em 1992 tem duas lojas em Paredes e em Lousada

Há 25 anos no mercado, a Tintas Vale do Sousa é uma empresa de cariz familiar que contempla um vasto know-how na área de negócios das tintas. Com lojas em Paredes e em Lousada a Tintas Vale do Sousa é uma empresa de referência na região na comercialização de tintas, máquinas e ferramentas para o ramo automóvel, construção civil e indústria.

A empresa tem crescido substancialmente nos últimos anos e pretende em breve abrir umas novas instalações.

Dedica-se à comercialização de tintas, máquinas e ferramentas para o ramo automóvel, construção civil e indústria.

Dedica-se à comercialização de tintas, máquinas e ferramentas para o ramo automóvel, construção civil e indústria.

A fundação da Tintas Vale do Sousa remonta a 1992, na cidade de Paredes, pela iniciativa de Adelino de Sousa em abrir uma loja ligada ao setor das tintas. Acabado de regressar da África do Sul com a mulher e os três filhos, o empresário decidiu comprar o espaço de uma antiga loja de tintas que em tempos funcionou no centro comercial Vale do Sousa, em Paredes.

Embora a sua grande paixão fosse a fotografia, área em que trabalhou na África do Sul durante 18 anos, Adelino Sousa decidiu aventurar-se no setor das tintas. “No início foi difícil, mas com o tempo fomos conseguindo adquirir os conhecimentos técnicos. Sobretudo para o ramo automóvel é necessário ter grande rigor na afinação das tintas e isso fomos conseguindo com o tempo. Hoje temos clientes em Viseu, Lisboa e até em Faro que confiam em nós para trabalhar”, explica.

Em 2010 a Tintas Vale do Sousa abriu uma nova loja em Lousada, para aproveitar a oportunidade de mercado, e mudou-se para uma loja nova em Paredes, com mais espaço. A empresa foi crescendo e alargando a sua área de intervenção além dos concelhos da região do Vale do Sousa, tendo hoje clientes em todo o território nacional.

 

Leia a reportagem completa na edição em papel de 2 de novembro de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: