Soldados da paz homenageados no Dia Municipal do Bombeiro

Publicado em Publicado por: O Paredense

O Dia Municipal do Bombeiro foi assinalado no feriado do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, com uma homenagem às cinco corporações de bombeiros voluntários do concelho, de Baltar, de Cete, de Lordelo, de Paredes e de Rebordosa.

A sessão decorreu na Alameda de São Salvador, em Lordelo, numa cerimónia que teve como objetivo homenagear mais de uma centena de homens e mulheres que dedicam muitas horas de voluntariado ao serviço dos cidadãos, nos mais diversos domínios de socorro, desde incêndios urbanos, industriais e rurais, acidentes, tempestades, emergência pré-hospitalar e socorro de doentes urgentes.

Acto de justiça e reconhecimento

O discurso de abertura ficou a cargo do comandante da corporação de Lordelo, que falou em nome de todos os bombeiros do concelho para sublinhar que este dia “é para lembrar e agradecer a todos que dão a vida por todos e reconhecer que há tão poucos que dão tanto por tantos, uma escolha de vida em garantir a segurança da comunidade sem pedir nada em troca”.

José Freitas garantiu ainda que “os bombeiros continuam a ser o principal agente de proteção civil em Portugal”, e que “as corporações do concelho de Paredes têm tido um forte apoio por parte da câmara municipal”.

O vice-presidente da câmara e presidente da Assembleia-geral da Associação Humanitária dos bombeiros voluntários de Lordelo, Francisco Leal, considerou “a iniciativa da mais elementar justiça para com os bombeiros do concelho” e para “alertar a sociedade para a dedicação e empenho dos bombeiros na defesa e salvaguarda intransigente de pessoas e bens”.
Leia a reportagem completa na edição em papel de 13 de junho de 2019 ou subscreva a edição online.

Share This: