Ricardo Teixeira: “O objetivo do RAC não pode ser outro que a subida de divisão”

Publicado em Publicado por: O Paredense
Ricardo Teixeira é o melhor marcador da equipa, com 17 golos apontados no campeonato e 2 na Taça de Portugal.

Ricardo Teixeira é o melhor marcador da equipa, com 17 golos apontados no campeonato e 2 na Taça de Portugal.

Capitão do Rebordosa assume que o objetivo claro do clube esta época é subir aos nacionais. Vitória frente ao Maia deixou a equipa confiante para os próximos jogos do play-off de campeão. Ricardo Teixeira afasta a pressão da equipa e garante que o grupo está confiante e motivado.

O RAC venceu o Maia Lidador, por 1-0, no primeiro jogo do play-off de apuramento do campeão. Como analisa este jogo?

Em primeiro lugar, destaco a importância de começar uma competição tão curta a ganhar. Ontem [domingo] ficou provado que este apuramento é muito competitivo, com o resultado a ser incerto até ao último minuto.

O RAC teve mérito em chegar ao golo e depois soube sofrer e aguentar a pressão do Maia. Foi um jogo difícil, onde as equipas revelaram alguma ansiedade e tensão. O próximo jogo, em Rio Tinto, será de dificuldade máxima, pelo que a concentração será fundamental para nós.

Qual é o clima que se vive no clube neste momento?

Estamos de uma forma geral relativamente felizes e satisfeitos por termos conseguido o primeiro objetivo, de carimbar o acesso a esta fase. Agora que estamos a disputar o apuramento, estamos acima de tudo muito motivados. Já temos a manutenção assegurada e por isso o único objetivo possível é subir de divisão.

“A ambição de colocar o RAC nos nacionais é enorme.”

O objetivo claro do Rebordosa é a subida de divisão?

O objetivo de qualquer equipa que esteja a disputar esta fase é a subida de divisão. O objetivo do RAC não pode ser outro que a subida de divisão.

 

Leia a entrevista completa na edição em papel de 23 de março de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: