Rali Amarante Baião: Triunfo escapou a João Barros

Publicado em Publicado por: O Paredense
Apesar de tudo, João Barros diz que foi "um rali espetacular"

Apesar de tudo, João Barros diz que foi “um rali espetacular”

Depois de um auspicioso início de rali, ao vencer ambas as passagens pelo troço do Marão na estreia com o novo Skoda Fabia R5, João Barros não conseguiu alcançar a tão desejada vitória no Rali Amarante Baião.

O piloto de Rebordosa acabou por ser ultrapassado por José Pedro Fontes (Citroen C3) na reta final da prova.

O duelo entre os dois pilotos acabou por ser, aliás, a grande marca deste rali. João Barros esteve no comando da prova até à penúltima especial, quando o piloto da Citroen conquistou a liderança por meio segundo.

José Pedro Fontes também esteve melhor na derradeira Prova Especial de Classificação (PEC) (12,44km) e reforçou a vantagem para João Barros, deixando o piloto de Rebordosa a 5 segundos de diferença.

Armindo Araújo (Hyundai) completou o pódio, a 26,1 segundos do vencedor.

A última prova da época realiza-se a 17 e 18 de novembro, no Algarve e vai consagrar o campeão nacional. A luta (matemática) pela conquista do título será feita entre o líder da prova Armindo Araújo, Ricardo Teodósio e José Pedro Fontes.

Rali Amarante/Baião – Classificação final

  1. José Pedro Fontes 1:07:27.70
  2. João Barros + 0:05.00
  3. Armindo Araújo + 0:26.10
  4. Ricardo Teodósio + 0:49.90
  5. Miguel Barbosa + 1:51.60

Share This: