Quinta da Valdeira recebe jovens do programa “Ocupa-te – Férias de Verão”

Publicado em Publicado por: O Paredense

Texto escrito por Cristina Borges.

Durante as férias letivas cerca de 600 jovens podem ocupar o seu verão com atividades radicais e experiências de âmbito social, ambiental, desportivo, recreativo e cultural. A ideia surge no âmbito do programa “Ocupa-te” – Férias de Verão disponibilizado de forma gratuita pela Câmara Municipal de Paredes.

Entre atividades radicais, parques aquáticos, praias fluviais, faróis, jogos de golfe, barco à vela e visitas por entre trilhos do concelho são inúmeras as atividades que os jovens paredenses podem desfrutar ao longo de cinco semanas. A iniciativa tem como objetivo ocupar os miúdos de forma lúdica e cultural, “descansando” os pais que eventualmente estão a trabalhar. “Um descanso” a que o presidente do município atribuí enorme valor: “Apesar de quem usufrui do programa serem os jovens o meu pensamento esteve com os pais e encarregados de educação. Um dos dramas que temos quando terminam as aulas é como ocupar os filhos e, desta forma, considero que “os pais podem ficar tranquilos, sabendo que os filhos estão bem ocupados e de forma saudável”.

Alexandre Almeida destaca as atividades experimentadas fora do concelho como “a oportunidade de praticar vela em Matosinhos, visitas a Braga e canoagem em Gondomar”. Já, dentro do município, o autarca salientou “as visitas ao património de Paredes, com visita à Rota dos Brasileiros, o contacto com o golfe e as atividades da Quinta da Valdeira”.

Foi precisamente na quinta, situada, na freguesia da Sobreira que o presidente, Alexandre Almeida, e o vereador do desporto, Paulo Silva, estiveram esta quarta-feira para ver de perto as atividades que o espaço tem à disposição. Arvorismo, canoagem, escorrega aquático, slide são algumas das diversões. Para além do entretenimento, o presidente realçou: “Durante as cinco semanas procuramos que conheçam outras pessoas. São 120 crianças por semana de todas as freguesias e ficam a conhecer outras coisas de Paredes que não conheciam”.

O programa é gratuito, contribuindo os pais apenas com uma verba para a refeição.


Os participantes

Na totalidade são 600, no entanto os jovens dividem-se em grupos de 120 por cada uma das cinco semanas do projeto. A ideia foi ter “representantes” de cada uma das freguesias em todos os grupos, uma aposta que parece “dar frutos”, uma vez que o feedback dos participantes é bastante positivo.

O sucesso do programa comprava-se também pelos “repetentes”, Mariana Vieira, de 15 anos participa pela segunda vez e garante: “Voltei porque são atividades diferentes e onde podemos conhecer pessoas novas. É muito engraçado interagirmos uns com os outros, as atividades tornam-se divertidas”. Natural de Paredes, a jovem explica “Provavelmente muitos de nós não teríamos oportunidade de experimentar estas atividades fora daqui e isso torna este programa muito interessante”.

Também com 15 anos, Hélio Silva participa pelo terceiro ano consecutivo e assegura “voltarei sempre que puder”. Vindo de Cristelo, o jovem afirma: “Estas atividades são uma grande aventura e conseguimos fazer novas amizades e passar bons momentos e divertidos”. Hélio acrescenta ainda que “esta é uma forma de conhecermos lugares do nosso concelho que não conhecíamos até aqui”.

Do outro lado, os monitores também se mostram bastante agradados com a iniciativa. Tiago Paulino é professor de educação física no concelho e depois de três anos a colaborar com o projeto, o monitor não tem dúvidas: “Aqui conseguem ter vivências que não têm noutros sítios. O concelho é muito grande e os jovens não se conhecem muito e esta é uma ótima forma viabilizar mais a sociabilização e de ter conhecimento de espaços que existem noutros pontos da região norte”. Tiago confirma que o número de participantes tem crescido ano após ano, “o que comprova a mais-valia deste programa para os nossos jovens” conclui.

Share This: