PSD apresenta queixa à IGF por “fortes indícios de violação” das regras na obra que liga zona industrial de Rebordosa à A41

Publicado em Publicado por: O Paredense

A Comissão Política do PSD Paredes apresentou, na passada quarta-feira, 16 setembro, uma queixa à Inspeção Geral de Finanças (IGF) relativa à empreitada de ligação da zona industrial de Rebordosa à A41, inaugurada em julho deste ano pelo Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

Os sociais-democratas dizem que “existem fortes indícios de violação das regras de contratação pública por parte da câmara de Paredes e favorecimento de concorrente” eapontam para uma derrapagem de 330 mil eurosno valor final da obra face ao que estava contratualizado.

Na mesma conferência de imprensa, Ricardo Sousa abordou ainda a decisão da autarquia de resgatar a concessão do serviço público de água e saneamento do concelho e garantiu que o PSD votou contra na reunião de câmara “por ser a favor da rescisão por justa causa e não do resgate”.

“Se há um reconhecimento claro que a Bewater violou o contrato porque é que a câmara não opta pela rescisão?”, questionou Ricardo Sousa, defendendo que “o município prefere beneficiar o infrator”.  

A notícia completa na edição em papel de 17 de setembro de 2020 ou na edição online.

Share This: