Primeiro-Ministro descarta hipótese de cerca sanitária nos concelhos de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: DR.

O Primeiro-Ministro, António Costa, descartou hoje a hipótese de recorrer a uma cerca sanitária ou ao confinamento obrigatório para controlar a propagação da pandemia nos concelhos de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras.

O governante esteve hoje em Paços de Ferreira numa reunião de emergência com os autarcas dos três concelhos devido ao aumento exponencial de casos de Covid-19 na região.

No final do encontro, António Costa confirmou aos jornalistas que em breve serão anunciadas novas medidas para conter a expansão da pandemia na região.

Recorde-se que na última semana os concelhos do Vale do Sousa registaram mais 1429 casos positivos de infeção por Covid-19. Com 565 novos casos reportados, Paços de Ferreira passou a surgir atrás de Lisboa e Sintra como o concelho com mais novos diagnósticos de covid-19 na última semana. O município é ainda o que tem maior incidência de casos a nível nacional, com 996 casos por 100 mil habitantes.

No fim de semana as autoridades locais de saúde de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira já tinham emitido um alerta urgente à população para o aumento de casos, dando conta de uma preocupante transmissão comunitária.

Share This: