Presidente da República e Primeiro-ministro enviam condolências aos familiares de Noel Ferreira

Publicado em Publicado por: O Paredense
DR.

DR.

Marcelo Rebelo de Sousa endereçou aos familiares do piloto da Força Aérea que morreu ontem após a queda de um helicóptero que ajudava a combater um incêndio em Valongo as mais sentidas condolências.

“Foi com grande consternação que o Presidente da República acabou de receber a trágica notícia que dá conta da queda de um Celca durante o combate a um incêndio na zona de Valongo, da qual resultou, infelizmente, a perda de vida do piloto, dirigindo por isso aos seus familiares e amigos uma palavra de sentidas condolências”, lê-se numa nota publicada na página oficial da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa agradece ainda “a todos os homens e mulheres que estão no terreno, mesmo perante um momento tão difícil como o da perda de um colega e concidadão, por continuaram a sua exigente missão de proteger o próximo”.

Também o Primeiro-ministro lamentou ontem a morte do comandante dos bombeiros voluntários de Cete. Numa mensagem publicada no Twitter, António Costa disse que “foi com profundo pesar que tomei conhecimento do falecimento do capitão Noel Ferreira, comandante dos Bombeiros Voluntários de Cete, que operava um helicóptero de combate a incêndios ao serviço da Afocelca”.

Na mesma mensagem, António Costa transmitiu “os sentidos pêsames à família e amigos e uma palavra de agradecimento e confiança a todos os que diariamente dão o seu melhor neste combate que é todos”.

O presidente da câmara de Paredes também deixou um voto de pesar pela morte do Capitão Noel Ferreira, prestando-lhe homenagem pela forma como se “distingui na Força Aérea Portuguesa e no comando dos bombeiros voluntários de Cete pela sua competência, profissionalismo, empenho, dedicação e exemplo”.

Alexandre Almeida expressou ainda “em nome pessoal e do município de Paredes sentidas condolências a todos os familiares, amigos e à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cete”.

Nas redes sociais, várias associações e entidades também expressaram condolências aos familiares do jovem piloto, incluindo a Força Aérea Portuguesa.

Noel Ferreira, comandante dos bombeiros voluntários de Cete, morreu ontem à tarde, na sequência de um acidente de helicóptero que combatia um incêndio em Valongo.

Share This: