“Pontapé” nos maus resultados

Publicado em Publicado por: O Paredense

           

Texto escrito por Cristina Borges.

              O Aliança de Gandra recebeu e venceu o Baião, por 3 – 0. A equipa de Mário Rocha deu um passo importante na conquista da manutenção, a cinco jornadas do fim do campeonato.

              Depois de dois resultados que não estavam “nos planos” dos gandarenses, os homens comandados por Mário Rocha procuravam dar uma nova alegria aos adeptos. Mas, a equipa da casa não conseguiu passar essa vontade para o jogo e não entrou bem na partida, deixando o lanterna vermelha dominar durante os primeiros 20 minutos.

           Só, já a caminhar para a meia hora de jogo, é que o Gandra “acordou” e começou a impor o seu futebol. A equipa da casa conseguiu mesmo concretizar essa superioridade com o golo de Pilhas marcado ainda antes do intervalo.

      Em vantagem no marcador, os gandarenses entraram melhores no segundo tempo e revelaram uma superioridade convincente perante o adversário. Foi com naturalidade e sem dificuldade que os da casa dilataram a vantagem. Primeiro, com um remate de Bruninho, aos 55 minutos; depois, através de uma grande penalidade convertida por Cancela, aos 70.

             Com várias oportunidades, o Aliança de Gandra ainda podia ter feito mais golos, mas o resultado final fixou-se nos 3 – 0. A vitória deu, assim, uma margem confortável aos gandarenses na garantia pela manutenção, que ocupam agora o 12º lugar, com 35 pontos, a 10 da zona da descida. Já, o Baião é “cada vez mais último” com apenas 16 pontos.

Mário Rocha: “Jogadores voltaram a estar felizes”

              No final da partida, Mário Rocha mostrava-se satisfeito com o desempenho dos seus jogadores: “Depois dos últimos jogos do Aliança de Gandra, em que os resultados não tinham sido muito positivos, sabíamos que era muito importante vencer esta partida. Estou contente com o resultado e com a exibição dos meus jogadores, que voltaram a estar felizes dentro de campo. Terminamos o jogo com uma belíssima exibição e só por azar não marcamos ainda mais golos.”

           O técnico gandarense destacou ainda a importância da vitória: “Sim, foi importante para o nosso plantel, porque se sentia a intranquilidade, propícia de um grupo jovem. É também essencial, por causa da manutenção, que está, praticamente garantida.” Mário Rocha acrescentou ainda “Esta vitória deixa a minha equipa melhor e com outros níveis de confiança para enfrentar o que ainda resta deste campeonato.”

Share This: