Polo Aquático: “Temos equipa para reconquistar o campeonato”

Publicado em Publicado por: O Paredense
Ricardo Sousa quer voltar a ser campeão pelo Paredes esta época.

Ricardo Sousa quer voltar a ser campeão pelo Paredes esta época.

A equipa do Paredes terminou a primeira fase do Campeonato Nacional de Polo Aquático, 1.ª Divisão, com um registo imaculado de vitórias em 14 jogos, apurando-se para a série dos primeiros, onde vai disputar o acesso à final. Nas duas primeiras jornadas desta fase o Paredes somou uma vitória e uma derrota, a última frente ao Fluvial Portuense, atual campeão nacional absoluto da modalidade.

Este sábado, o Paredes pode garantir o acesso ao play-off final se vencer o Sporting CP em Alvalade. O jogador Ricardo Sousa diz que o Paredes é favorito e garante que o grupo quer sair de Alvalade com o passaporte de acesso à final.

Como analisa a prestação do Paredes no campeonato?

A época começou com a disputa da Super Taça que ganhamos, contra o Fluvial, num jogo atípico. Começamos muito mal, mas fizemos uma reviravolta interessante.

Este ano a equipa está remodelada, está com grandes valores e isso reflete-se em termos da seleção nacional. O Paredes tem 7 ou 8 jogadores na seleção nacional, quando o normal seriam três. A equipa foi montada para reconquistar o título de campeão e esta primeira fase do campeonato demonstra um pouco isso. Conseguimos fazer o pleno de vitórias ao mesmo tempo que introduzimos na equipa novos atletas da formação.

Começamos a segunda fase com uma vitória e no último fim-de-semana perdemos com o Fluvial Portuense, embora este jogo não tenha decidido nada. Continuamos à frente por confronto direto, porque vencemos os dois jogos com o Fluvial na 1.ª fase. O objetivo é terminar em primeiro lugar para termos o fator casa na final.

A equipa ficou mais forte esta época com a entrada dos novos atletas?

Temos equipa com condições para reconquistar o campeonato. Não temos grandes condições financeiras e fizemos um convite aos atletas que quisessem integrar este grupo. E felizmente tivemos três atletas internacionais que aceitaram o nosso convite. Dois vieram da Póvoa e outro veio da Dinamarca, o guarda-redes.

O próximo jogo (dia 22 de abril) será decisivo para o Paredes. Com que expectativa partem para Alvalade?

Ainda faltam quatro jogos, mas se ganharmos ao Sporting garantimos o lugar na final. E o objetivo é esse. Já fomos duas vezes campeões nacionais em casa do Fluvial e esta época gostávamos de ser campeões na piscina do Paredes para dar uma alegria à cidade e para termos a bancada cheia de apoiantes.

Claramente o Paredes parte como favorito e vai a Alvalade para ganhar.

 

Leia a entrevista completa na edição em papel de 20 de abril de 2017 ou subscreva a edição online.

 

Share This: