PJ investiga projetos apoiados pelo Turismo do Porto e Norte

Publicado em Publicado por: O Paredense
Um dos cinco arguidos do processo é o presidente do Turismo do Norte, Melchior Moreira

Um dos cinco arguidos do processo é o presidente do Turismo do Norte, Melchior Moreira

A Polícia Judiciária do Porto tem em mãos uma investigação à atividade desenvolvida pela empresa Turismo do Porto e Norte de Portugal, “por alegados crimes de corrupção, peculato e abuso de poder”.

A investigação envolve ainda outras entidades, incluindo dois clubes desportivos e uma câmara municipal, e levou à constituição de cinco arguidos, todos eles ligados aos Turismo do Porto e Norte de Portugal.

De acordo com o Jornal de Notícias, em causa estão contratos feitos nos últimos anos entre o Turismo do Norte e várias entidades e empresas, nomeadamente os contratos de obras em lojas interativas, construídas em diversos municípios da região, e subsídios para projetos de turismo. As autoridades suspeitam que o dinheiro acabou por ser desviado para outras finalidades, revela o JN.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 28 de junho de 2018 ou subscreva a edição online.

Share This: