PJ fez buscas em Paredes relacionadas com crimes de fraude com fundos comunitários e branqueamento

Publicado em Publicado por: O Paredense

A Polícia Judiciária realizou nove buscas domiciliárias e 23 buscas não domiciliárias, incluindo em instalações de empresas e gabinetes de contabilidade, nos concelhos do Porto, Gondomar, Paredes, Oliveira de Azeméis, Aveiro, Espinho, Leiria, Marinha Grande e Lisboa.

Em causa estão três diferentes inquéritos titulados pelo Ministério Público – Departamento de Investigação e Ação Penal de Paredes (Porto-Este) que envolvem a prática de crimes fraude na obtenção de subsídio, fraude fiscal qualificada e branqueamento.

A notícia completa na edição em papel de 23 de julho de 2020 ou na edição online.

Share This: