Paredes celebrou 25 anos de elevação a cidade

Publicado em Publicado por: O Paredense
Autarquia assinalou a data com cerimónia simbólica no salão nobre dos Paços do Concelho.

Autarquia assinalou a data com cerimónia simbólica no salão nobre dos Paços do Concelho.

20 de junho de 1991 é uma data importante na história do concelho e particularmente da cidade de Paredes. Neste dia foi aprovado na Assembleia da República o pedido de elevação da Vila de Paredes a cidade, uma aspiração antiga das gentes desta terra.

Notícias do boletim municipal "O Tremoceiro" - 1991

Notícias do boletim municipal “O Tremoceiro” – 1991

O processo demorou três anos a ser aceite e foi fruto de um procedimento gradual de transformação e mobilização do território. Na última segunda-feira, dia 20 de junho, o executivo da câmara municipal de Paredes organizou uma cerimónia simbólica para assinalar os 25 anos da elevação de Paredes a cidade e juntou no salão nobre dos Paços do Concelho antigos autarcas e personalidades que estiveram na génese desta elevação.

José António Couto, vice-presidente do executivo municipal liderado por Jorge Malheiro, recordou que, na altura, o Plano Geral de Urbanização da então Vila de Paredes ainda estava em elaboração e as escolas pré-primárias estavam a começar a crescer no concelho. “A cidade e o concelho deve muito a toda a gente que por aqui passou e ocupou cargos na câmara municipal”, sublinhou o ex-vereador, felicitando todos os que, desde essa altura, contribuíram para o desenvolvimento da cidade.

“Paredes é hoje uma cidade evoluída fruto do trabalho de muita gente”, reforçou José António Couto, lembrando sobretudo o papel fundamental neste processo do ex-vereador Carmindo Maia e do antigo presidente da Assembleia Municipal de Paredes, professor Álvaro Rocha, também ele vereador do executivo de Jorge Malheiro.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 30 de junho de 2016 ou subscreva a edição online.

Share This: