Parada e Vandoma ficam pelo caminho

Publicado em Publicado por: O Paredense

Texto de Cristina Borges

O Parada e o Vandoma eram as únicas equipas do concelho de Paredes a competir na 1ª Divisão Distrital, ainda em prova na Taça da Associação de Futebol do Porto. Ainda assim, não se previa “tarefa fácil” para estes emblemas paredenses, já que defrontariam conjuntos de divisões superiores.

No caso do Parada, a equipa orientada por David Barbosa deslocou-se a Gondomar para defrontar o S. Pedro da Cova, uma das “equipas sensação” da Divisão Elite. Os gondomarenses têm vindo a “crescer e galgar terreno” na tabela classificativa depois de um início de época aquém das expectativas. A equipa da casa vencia por 2 – 0 ao intervalo, com golos de Freitas (aos 13 minutos) e Boni (reforço contratado na semana anterior, aos 23). O Parada nada conseguiu fazer para evitar a derrota que terminou com quatro golos sem resposta. Rui marcou aos 51 e Gandra aos 90. O Parada ficou assim na III eliminatória da taça.

O mesmo destino teve o Vandoma, ainda que com números mais pesados. A equipa orientada por Rui Moreira perdeu por 8 – 0 frente ao Tirsense, da Divisão Elite. O conjunto paredense não conseguiu impedir o ritmo “sempre intenso dos jesuítas” apontados como um dos principais candidatos à disputa do play-off de subida ao Campeonato de Portugal (fase que já chegaram na temporada anterior). A goleada por números pouco vistos no futebol derrubou assim o Vandoma na III eliminatória da taça.

No concelho de Paredes restam agora em competição as equipas da Divisão Elite (Aliados de Lordelo, Aliança de Gandra e Rebordosa).

Share This: