Pais de bebé com doença rara procuram dador de medula

Publicado em Publicado por: O Paredense

O André é um bebé de 4 meses que esteve recentemente internado no hospital de São João, no Porto, depois de lhe ter sido diagnosticada uma doença rara.

O Síndrome Hemofogocitico, que afeta este menino de Penafiel, é uma doença que afeta um pouco de tudo, desde os glóbulos brancos, vermelhos, plaquetas e consequência disso afeta os órgãos vitais começando pelo fígado e baço.

A doença pode ter várias origens, nomeadamente genética e oncológica, mas no caso do André há fortes suspeitas de a origem ser genética. A ser assim, o menino precisará de um transplante de medula e por isso os pais têm-se desdobrado em esforços para sensibilizar a comunidade para a doença do filho e apelar a que todos se inscrevam como dadores de medula.

No último mês os pais já promoveram na região várias campanhas de recolha no sentido de encontrar um dador compatível para o bebé. Criaram também uma página no facebook, denominada ‘Andrezinho e o Síndrome Hemofogocitico’, com o objetivo de dar a conhecer a história do André e ajudar outras famílias que estejam a passar por situações idênticas.

Próximas recolhas

10 setembro | junta freguesia de Irivo, Penafiel – 9h às 12h30

15 setembro | junta freguesia de Penha Longa, Marco de Canaveses – 15h às 19h30

17 setembro | Centro Social e Paroquial de Abragão, Penafiel – 9h às 12h30

22 setembro | Lar Santo António dos Capuchinhos, Penafiel – 9h às 12h30

24 setembro | Centro Social de Oldrões, Penafiel – 9h às 12h30

29 setembro | Complexo Social de Macieira, Lousada – 16h às 19h30

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 7 de setembro de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: