Ministro elogiou escola de Paredes pelo projeto educativo inovador

Publicado em Publicado por: O Paredense

O Ministro da Educação visitou, esta quarta-feira, na abertura do novo ano letivo, a escola Básica EB 2/3 de Cristelo, assinalando o sucesso educativo desta escola, onde no último ano letivo, o 4.º e 6.º anos tiveram taxa zero de reprovações.

Desde há três anos que o Agrupamento de Escolas de Cristelo faz parte de um Projeto-piloto de Inovação Pedagógica para combater o insucesso escolar, tendo recebido maior liberdade para reorganizar turmas, horários, matriz curricular, programas, entre outros.

Ali estudam cerca de mil alunos do pré-escolar ao 9.º ano e no último ano letivo não houve reprovações no final do 4.º e 6.º anos de escolaridade. No 9.º ano houve apenas 7% dos alunos retidos, quando há três anos eram 33%.

Tiago Brandão Rodrigues foi recebido na Escola Básica EB 2/3 de Cristelo por um grupo de alunos de microfone e máquina fotográfica na mão. Mariana, Tomás, Lara, Fábio e Gabriel, do 7.º E, acompanharam o ministro numa visita guiada pela escola.

A primeira paragem foi na biblioteca, onde decorria uma “tertúlia ideológica”. Enquanto os alunos do 5.º ano debatiam o texto “A árvore generosa”, Tiago Brandão Rodrigues lançou a pergunta: “As árvores podem ser generosas?”. Ana deu a resposta. “As árvores são generosas para nós. Uma árvore dá-nos ar e sem ar nos não vivemos. Dá-nos o papel, a madeira para fazer móveis e a resina” garantiu.

No auditório, o Ministro da Educação interagiu com dezenas de alunos e percebeu a importância de debater temas em conjunto, ouvir opiniões diferentes e desenvolver atividades em que todos possam participar. “Viemos visitar a vossa escola porque não é uma escola qualquer. Há muitas outras no país que querem fazer coisas como vocês fazem aqui”, esclareceu o governante.

 

Reportagem completa na próxima edição de 19 de setembro.

Share This: