Livro “Paredes e a Primeira República” apresentado na cerimónia do 5 de outubro

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: DR.

A cerimónia do 110.º aniversário da Implantação da República, no próximo dia 5 de outubro, vai contar com a apresentação do livro do “Paredes e a Primeira República”, da autoria do investigador e colaborador do jornal O PAREDENSE, Ivo Rafael Silva.

O livro parte, como o próprio nome indica, ao encontro das especificidades locais do período histórico balizado entre a Implantação da República (1910) e a instauração da Ditadura Militar (1926). 

“Neste âmbito, poder-se-á afirmar que este território foi terreno fértil de acontecimentos que nos auxiliam no entendimento do contexto nacional. O município foi mesmo um dos mais destacados palcos turbulentos da conflitualidade religiosa de um país em crise e mergulhado numa guerra civil intermitente”, sublinha o autor, garantindo que a “abordagem a factos e a figuras da sociedade paredense de finais do século XIX e princípios do século XX permite obter um desenho bastante mais claro de uma realidade histórica muito peculiar, marcada pela instabilidade e pela polémica, embora hoje ainda genericamente ignorada”.

O resultado da investigação iniciada no ano de 2016 – na reta final da elaboração de «Paredenses na Grande Guerra» – começou por vir parcialmente a público sob a forma de artigos quinzenais no jornal «O Paredense». Cerca de 60% do trabalho foi publicado nesses artigos, estando por isso os restantes 40% agora compilados neste livro pela primeira vez. Ao serem transpostas para esta nova publicação, grande parte das crónicas já publicadas foram alvo de correções e adendas de diversa ordem.

O livro, da autoria do investigador Ivo Rafael Silva, é uma edição da Câmara Municipal de Paredes em parceria com o Centro de Estudos Interculturais do ISCAP (P. Porto).

A sessão está marcada para as 11 horas, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Share This: