Investigadora lordelense ganha mais um prémio nos EUA

Publicado em Publicado por: O Paredense
Trabalho de Cecília Leal já tinha sido premiado este ano nos EUA

Trabalho de Cecília Leal já tinha sido premiado este ano nos EUA

Uma investigadora natural de Lordelo foi recentemente premiada nos Estados Unidos da América.

Cecília Leal, professora assistente do departamento de Ciência e Engenharia de Materiais e do Laboratório de Investigação de Materiais Frederick Seitz, da Universidade de Illinois, recebeu o National Institutes of Health Directors New Innovator Award 2016, galardão que visa premiar as ideias mais inovadoras de alguns dos cientistas em início de carreira mais promissores do mundo.

O prêmio de 1,5 milhões de dólares, que será entregue durante um período de 5 anos, apoia jovens cientistas que apresentaram ideias de investigação excecionalmente criativas e com potencial para ter um elevado impacto na biomédica e ciência comportamental.

Leia a notícia completa na edição em papel de 20 de outubro de 2016 ou  subscreva a edição online.

Share This: