Harpista Zita Silva venceu Festival de Jovens Músicos 2018

Publicado em Publicado por: O Paredense

A jovem harpista paredense, Zita Silva, que atualmente vive em Londres, venceu o Festival de Jovens Músicos 2018 na disciplina de Harpa.

O prémio é promovido anualmente pela Antena 2 – RTP e contou novamente com a Fundação Calouste Gulbenkian para a realização do 8.º Festival Jovens Músicos. O concurso deu a conhecer os artistas laureados nas diversas disciplinas a concurso e consagrou o “Jovem Músico do Ano” no concerto de encerramento.

Zita Silva começou a estudar Harpa aos 8 anos, com a professora Áurea Guerner, no Conservatório de Música do Porto. Licenciou-se com Primeira Classe e Honras em Música em 2015 e completou o Mestrado em Artes com Distinção em 2017, na Royal Academy of Music em Londres, com a Professora Karen Vaughan e a Professora Emerita Skaila Kanga, com o apoio das bolsas de estudo Fundação Calouste Gulbenkian, Santander Universities UK e Golden Charitable Trust.

A jovem já recebeu diversos prémios em concursos nacionais e internacionais, tendo sido vencedora do Prémio Jovens Músicos em Música de Câmara em 2014 e em Harpa em 2018. Tem sido também convidada a integrar várias orquestras nacionais e internacionais tais como Royal Scottish National Orchestra, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa e Academy Symphony Orchestra, dando-lhe oportunidades para trabalhar com maestros de renome como Semyon Bychkov, Sir Mark Elder, Sir Andrew Davies, Yan Pascal Tortelier, Pedro Neves e Joana Carneiro.

Zita Silva foi recebida pela vereadora da cultura da câmara de Paredes, Beatriz Meireles, que felicitou a jovem que foi laureada com um importante prémio e preparar a agenda para a realização de um recital de Harpa na cidade paredense no próximo ano”, revela a nota de imprensa.

Share This: