GNR de Paredes vítima de acidente na A42

Publicado em Publicado por: O Paredense

Texto escrito por Cristina Borges.

Jorge Gomes tinha 29 anos e era militar da GNR no Destacamento de Trânsito do Porto. O cabo era natural de Duas Igrejas, freguesia do concelho de Paredes, e foi uma das três vítimas mortais de um grave acidente ocorrido durante a tarde de domingo na autoestrada A42, em Paços de Ferreira.

Depois de um primeiro acidente rodoviário de natureza ligeira, encontravam-se no local a GNR e os Bombeiros de Freamunde a procederem à limpeza da via e respetiva sinalização. Nesse momento, deu-se o despiste de um automóvel que abalroou a viatura da Guarda Nacional Republicana. O cabo Jorge Gomes acabou por perder a vida no local, assim como uma jovem de 16 anos, também de Duas Igrejas, Paredes, que seguia no carro que se despistou com os amigos.

A caminho do hospital, o condutor do reboque, que também se encontrava no local devido ao primeiro acidente, não sobreviveu.

O acidente provocou ainda três feridos ligeiros que foram transportados para os hospitais de Penafiel, S. António e S. João.

O sinistro obrigou ao corte de uma parte da A42. Ao quilómetro 7.8, sentido Paços de Ferreira – Porto, acorreram os Bombeiros Voluntários de Freamunde, Paços de Ferreira e Lordelo e a VMER do Hospital de S. João, no Porto.

Share This: