Gespaços reduziu passivo em mais de 1,2 milhões de euros

Publicado em Publicado por: O Paredense
Dados constam do Relatório e Contas de 2016, apresentado pelo Conselho de Administração.

Dados constam do Relatório e Contas de 2016, apresentado pelo Conselho de Administração.

Nos últimos três anos a Gespaços – Gestão de Equipamentos Municipais, E.M., S.A., reduziu o passivo em mais de 1,2 milhões de euros. Os dados constam do Relatório e Contas de 2016 relevado pelo Conselho de Administração da empresa, na semana passada.

Em fevereiro de 2014, aquando do início de funções do atual Conselho de Administração, presidido por José Henriques Soares, a empresa apresentava um resultado negativo de aproximadamente 400 mil euros e um passivo total de 2.286.609,75 euros. Em 31 de dezembro de 2016 esse passivo baixou para 1.051.400,05 euros.

No final do primeiro trimestre de 2017 a dívida a fornecedores da Gespaços era de pouco mais de 192 mil euros, depois do acordo conseguido a 21 de março deste ano com a entidade Águas de Paços de Ferreira, S.A. Em 2013 a dívida a fornecedores da Gespaços era superior a 878 mil euros.

“Também na dívida bancária houve diminuição abrupta”, diz o comunicado da Gespaços, assinado por José Henriques Soares. Em 2013 a dívida à banca ascendia a 814.909,06 euros. Já no final do primeiro trimestre de 2017 essa dívida era de apenas 290 mil euros, valor restante de um empréstimo de 400 mil euros que o atual Conselho de Administração diz ter sido pedido, contratado e integralmente gasto pelo anterior Conselho de Administração à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Paços de Ferreira.

Leia a notícia completa na edição em papel de 4 de maio de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: