Ferido grave do acidente em Astromil faleceu no hospital

Publicado em Publicado por: O Paredense

O ferido grave do atropelamento seguido de choque em cadeia entre três veículos, que aconteceu ontem, na EN15, em Astromil, Paredes, não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer esta madrugada no hospital de São João, no Porto.

Serafim, também conhecido como Serafim da mota, “o comandante da Portela”, tinha 55 anos e era natural de Rebordosa. “Era acarinhado por todos na freguesia e tinha uma paixão enorme pelos bombeiros, em especial pelas corporações de bombeiros do concelho de Paredes”, recorda Simão Barbosa, comandante dos bombeiros de Rebordosa.

Após o atropelamento, o homem foi assistido no local pela equipa médica da VMER do Vale do Sousa e do São João, acabando por ser transportado para esta unidade hospitalar do Porto. Tinha múltiplas fraturas e foi operado durante a madrugada, mas acabou por não resistir à gravidade dos ferimentos.

O acidente aconteceu ontem ao final da tarde. O alerta foi dado às 19h07. No local estiveram os bombeiros voluntários de Rebordosa, com quatro ambulâncias, um veículo de desencarceramento e outro do comando e ainda uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Baltar.

Quatro pessoas ficaram feridas no atropelamento seguido de colisão entre três viaturas. Os feridos leves, com idades entre os 20 e os 40 anos, foram transportados para o hospital Padre Américo, em Penafiel.

A GNR de Lordelo também esteve no local.

 

Share This: