Fábrica de móveis destruída por incêndio vai ser reativada

Publicado em Publicado por: O Paredense
Instalações da empresa foram destruídas por um incêndio no dia 30 de julho.

Instalações da empresa foram destruídas por um incêndio no dia 30 de julho.

O proprietário da fábrica de mobiliário, localizada na zona industrial de Lordelo, que foi destruída por um incêndio há duas semanas pretende reativar a unidade o mais rapidamente possível, no prazo de 4 ou 5 meses, naquele ou noutro local e continuar com a produção, sem despedimentos.

A garantia foi deixada pelo presidente da câmara de Paredes que explicou ter falado com o proprietário da empresa mal teve conhecimento do fogo, que começou pelas 5horas e destruiu a fábrica de móveis.

Em declarações à Lusa, o autarca disse ter recebido a indicação de que “existe seguro para cobrir os prejuízos” e empenho para reabilitar a fábrica “o mais rapidamente possível”.

A empresa Ronfe Classic dedica-se à produção de mobiliário clássico e emprega cerca de 40 trabalhadores. As instalações da empresa foram praticamente destruídas por um incêndio que deflagrou na madrugada do passado domingo, dia 30 de julho.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 10 de agosto de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: