Ex-presidente da câmara e ex-vereador arguidos no processo que investiga irregularidades nos centros escolares

Publicado em Publicado por: O Paredense

O ex-presidente da câmara de Paredes, Celso Ferreira, e o ex-vereador da educação, Pedro Mendes, foram constituídos arguidos num processo que investiga irregularidades na construção de 15 centros escolares no concelho.

A investigação teve origem nas conclusões de um relatório do Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF), que apontava indícios de fraude e corrupção com os fundos da União Europeia atribuídos à autarquia para a construção das novas escolas.

Os antigos autarcas do PSD confirmam ter sido indiciados no âmbito deste processo, mas mostram-se “tranquilos”.

A notícia completa na edição em papel de 20 de fevereiro de 2020 ou na edição online.

Share This: