Empresários da restauração de Paços de Ferreira protestaram contra novas restrições impostas pelo Governo

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: DR.

Mais de uma centena de empresários dos sectores da restauração e hotelaria de Paços de Ferreira protestaram esta manhã contra as novas medidas impostas pelo Governo ao sector no âmbito do novo Estado de Emergência.

Depois de percorrerem algumas das principais vias no centro da cidade com cartazes a exigir medidas que não prejudiquem o setor, os empresários da restauração concentraram-se depois em frente ao edifício da câmara municipal para colocar várias cadeiras vazias, numa alusão à falta de clientes e à situação difícil que atravessam atualmente.

Recorde-se que o novo Estado de Emergência trouxe medidas mais restritivas à circulação de pessoas, sobretudo para os 121 concelhos considerados de “risco elevado” de contágio.

Desta lista fazem parte vários concelhos da região, incluindo Paredes, Penafiel, Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada, que ficaram sujeitos a um recolher obrigatório, estando proibidos de circular na via pública entre as 23 horas e as 5h em dias da semana e as 13h e as 5h nos próximos dois fins de semanas.

Share This: