Empate “ao cair do pano”

Publicado em Publicado por: O Paredense

Foto: arquivo

Texto escrito por Cristina Borges.

O Aliados deslocou-se à Foz do Sousa com o objetivo de vencer o Sousense e assim aproximar-se dos lugares cimeiros da tabela classificativa.

Na primeira parte, a equipa comandada por Juvenal Brandão conseguiu impor o seu jogo e não permitiu ao conjunto da casa criar oportunidades de relevo. Os lordelenses até podiam ter ido para o intervalo a vencer, mas a má decisão na hora de finalizar manteve o nulo até ao período de descanso.

O segundo tempo começou praticamente com o golo do Sousense, Rui Teixeira inaugurou o marcador com um remate de fora da área.

A desvantagem não assustou os lordelenses, que tudo tentaram, para conseguirem chegar ao golo. E, quando se pensava que o Sousense somaria mais uma vitória, eis que o Aliados conquistou o que há muito procurava, o golo que surgiu por intermédio de Chiquinho.

O tento “mesmo ao cair do pano” permitiu à equipa de Lordelo somar mais um ponto contabilizando 10 à sexta jornada, estabelecendo-se assim no sexto lugar da classificação. O Sousense soma 12 pontos e é por esta altura segundo classificado.


No final do encontro, Juvenal Brandão mostrava-se satisfeito com o desempenho da equipa, apesar do resultado: “Vimos a melhorar de jogo para jogo. Sinto a equipa cada vez mais sólida e consistente. Tentamos de todas as formas chegar rapidamente ao empate, mas houve um período, entre os 20 e os 35 minutos da 2ª parte que quase não se jogou. Houve inúmeras paragens, assistências a jogadores, perdas de tempo e isso condicionou muito a nossa dinâmica. Nunca desistimos, arriscamos como fazemos sempre e os jogadores acreditaram sempre que ainda marcar. Fizemo-lo a acabar, mas só faltou concretizar, porque produzimos o suficiente para ganhar”.

Apesar da superioridade ao longo do primeiro tempo, a turma de Lordelo não estava a conseguir materializar, o técnico contou o que disse à sua equipa no intervalo: “Disse que estava a gostar da consistência defensiva e do facto de não concedermos espaços nem oportunidades ao adversário. Acrescentei ainda que tínhamos de melhorar ofensivamente e em determinados aspetos”.

Na próxima jornada, o Aliados de Lordelo vai receber o Rebordosa, a uma hora diferente da habitual, fator que, na opinião do técnico, não irá afetar o bom desempenho dos atletas: “As equipas treinam à noite, o que faria sentido era jogarem sempre à hora que treinam, mas isso não acontece. Por isso, o horário nunca será uma desculpa”.

Quanto à antevisão do jogo, Juvenal Brandão antecipa: “Esperamos um bom jogo. Como sempre desde que aqui cheguei, vamos jogar ao ataque, porque queremos ganhar. O Rebordosa tem grande equipa, com bom treinador e bons jogadores, é candidato à subida, mas acho que vem aqui jogar na expectativa, em bloco baixo, para procurar jogar em transição com espaço nas costas. Estamos preparados para isso, mas não mudaremos a nossa ideia de jogo. Procuraremos é aperfeiçoá-la para não sermos surpreendidos”.

 

Share This: