Emigrantes que regressem do estrangeiro devem ficar em casa por 14 dias

Publicado em Publicado por: O Paredense

O Agrupamento de Centros de Saúde Vale do Sousa Sul determinou esta quinta-feira, 19 março, que todos os emigrantes que regressem do estrangeiro, de áreas de risco, devem manter-se em isolamento social, por um período de 14 dias.

A Autoridade de Saúde que abrange os municípios de Paredes, Penafiel e Castelo de Paiva refere que estes cidadãos não podem sair de casa, visitar familiares e receber visitas.

Em comunicado, a autoridade de saúde determinada ainda que “todos os cidadãos em isolamento profilático estão expressamente proibidos de sair de casa”.

Share This: