Diana Brito: “Não vim com intenção de ficar, mas já cá estou há 10 anos”

Publicado em Publicado por: O Paredense
Diana Brito com o namorado e a filha de 22 meses

Diana Brito com o namorado e a filha de 22 meses

Diana Brito emigrou para a Irlanda em setembro de 2006, pouco depois de ter perdido o emprego em Portugal. Na altura a jovem vivia sozinha em Rebordosa, a sua terra natal, e decidiu encontrar-se com os pais e os irmãos que viviam na Irlanda. “Foi fácil de tomar a decisão porque a minha família já estava cá, mas na altura eu não vinha para ficar”, explica a jovem rebordosense. Porém, os anos foram passando e Diana acabou por ficar junto da família. Já lá vão 10 anos.

Diana começou por trabalhar num supermercado, na reposição de stock, mas em 2009 mudou-se para outra cidade, a 100 quilómetros da capital, onde passou a trabalhar numa loja de roupa e também num restaurante.

Um ano mais tarde a jovem voltou a mudar de cidade e perante a dificuldade em encontrar trabalho resolveu voltar a estudar. “Fiz um curso de inglês, na Business Studies and Management, que terminei em 2014, e tinha decidido continuar a estudar, para tirar uma licenciatura, mas entretanto fui mãe e acabei por congelar o curso”, conta a jovem, que admite regressar em breve à faculdade para acabar a licenciatura em gestão

Desde 2010 que Diana Brito vive em Drogheda, uma cidade a 56 quilómetros da capital, com cerca de 30 mil habitantes. “Drogheda é uma cidade pequena, muito segura….” 

 

Leia a reportagem completa na edição em papel de 29 de junho de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: