Detidos suspeitos de atear fogos em Paredes e Penafiel

Publicado em Publicado por: O Paredense
Segundo a PJ, os incêndios puseram em risco habitações em Lordelo, Paredes, e Paço de Sousa, Penafiel.

Segundo a PJ, os incêndios puseram em risco habitações em Lordelo, Paredes, e Paço de Sousa, Penafiel.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de dois homens suspeitos de atearem incêndios nos concelhos de Paredes e Penafiel. Em nota publicada na sua página da internet, a PJ dá conta da detenção de um homem de 68 aos de idade, carpinteiro aposentado, como presumível autor de dois incêndios florestais, contíguos a zonas urbanas, ocorridos no passado dia 22 de agosto, em Lordelo, Paredes.

O suspeito já tinha antecedentes criminais por violência doméstica e foi detido em colaboração com a GNR de Lordelo. Segundo a PJ, “as ignições terão sido provocadas com recurso a isqueiro, num aparente quadro de desequilíbrio psicológico, durante a madrugada”. “Os incêndios colocaram em risco diversas habitações existentes nas proximidades e só não consumiram uma vasta área florestal porque foram de imediato combatidos”, acrescenta a PJ na mesma nota.

Já no concelho de Penafiel foi detido um homem de 37 anos de idade que terá sido o autor de um incêndio florestal ocorrido no dia 14 de abril, em Paço de Sousa, Penafiel.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 7 de setembro de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: