Detetada legionella nas cantinas dos centros escolares de Recarei e Mouriz

Publicado em Publicado por: O Paredense

Foi detetada a bactéria da legionella nas cantinas dos centros escolares de Recarei e Mouriz, em Paredes, mas segundo a autarquia a situação está “controlada”.

Os refeitórios e cantina dos dois centros escolares foram encerrados e desligado o circuito de água quente. Fora também criados espaços alternativos para os alunos efetuarem as refeições, cumprindo as normas atuais da Direção-Geral de Saúde (DGS).

A câmara de Paredes esclarece que “os estabelecimentos de ensino estavam parados desde março, apesar das medidas preventivas tomadas antes do arranque do ano letivo, presume-se que tal se deva a este facto”.

A autarquia diz ainda que foi durante um procedimento habitual de análises à legionella, previsto na legislação, que foi detetada a presença da bactéria em dois dos centros escolares analisados, Recarei e Mouriz.

As medidas adotadas foram as determinadas pela Delegada de Saúde, encerramento dos refeitórios e cantina, desligado o circuito de água quente, explica a autarquia. Os balneários já estavam encerrados, como obrigam as normas da DGS sobre a pandemia da COVI-19.

As escolas continuam a funcionar por orientação da Delegada de Saúde foram criados espaços alternativos para os alunos efetuarem as refeições.

Share This: